segunda-feira, 23 de novembro de 2015

The Event (Sergei Loznitsa


Centrado sobre o golpe militar que representou o estertor da URSS, o evento é composto por cenas de documentaristas independentes no coração do que era Leningrado. É o método de Loznitsa, estamos a testemunhar a história sísmica da rua, e como em Maidan isso significa várias coisas. Em primeiro lugar, somos empurrados para o meio da multidão, fustigada de cá e para lá, e isso muitas vezes faz com que seja difícil conseguir os nossos rolamentos. Isto é inteiramente intencional, e anda de mãos dadas com o segundo elemento de O Evento: nós estamos a testemunhar a confusão em acção."Gorbachev está morto?" "Porque é que a TV só mostra o Ballet Bolshoi?" "Nós temos que selar os registos", etc. A situação é de mudança constante, mesmo quando os líderes do golpe soviéticos tentam em vão estabelecer a normalidade.Concedido, sabemos como a história termina. Mas edição e escolha de passagens/materiais separadas do tema principal a partir de Loznitsa/Swan Lake/representar tanto o caos como a força bruta da manifestação em massa, pessoas reunidas na rua para exigir os seus direitos. Claro, o evento também é um prelúdio para uma tragédia, pois todos sabemos (e Loznitsa sabe que sabe) que a experiência ousada da democracia russa termina com as oligarcas e Gazprom e a Velha- Você-Sabe-Quem. Mas dado que o evento é construído como honesto, humilde heroísmo sem um traço de ironia, claramente Loznitsa está a insinuar que é a hora de bater as ruas novamente.


Sem comentários:

Enviar um comentário