sábado, 27 de junho de 2015

Morreu Patrick Macnee, o actor da icónica série Os Vingadores

Ficou popular pela conhecida série televisiva Os Vingadores que marcou os anos 1960. Tinha 93 anos.
O actor como protagonista de Os Vingadores

O actor britânico, naturalizado americano, Patrick Macnee, popularizado pela série televisiva dos anos 1960 Os Vingadores, morreu esta quinta-feira, na sua casa na Califórnia, aos 93 anos de idade. A família revelou que Macnee morreu de "causa natural".

O conhecido protagonista da série televisiva de espionagem deixa para trás uma longa carreira iniciada no cinema e que se prolongaria no pequeno e grande ecrã. Mas foi sem dúvida pelo papel do fleumático agente secreto John Steed, na popular série dos anos 1960, que haveria de ficar conhecido.

A sua imagem, charmosa, elegante, muito britânica, com um chapéu de coco na cabeça e de guarda-chuva fazem parte do imaginário da cultura popular e das memórias de quem cresceu a ver a versão televisiva de Os Vingadores.

Ao longo dos anos o actor fez sempre questão de frisar que a sua personagem nunca usou uma arma para se defender, valendo-se apenas da sua enorme habilidade com guarda-chuvas para se proteger em situações de perigo. Mais tarde, aliás, tornar-se-ia activista contra a proliferação das armas de fogo. A série fez-se notar também pelos papéis femininos progressistas para a época, em que as mulheres eram apresentadas como pares de Steed, intrépidas e elegantes.


Foi o protagonismo da série criada em 1961 por Sidney Newman que catapultou Patrick Macnee para o estrelato, depois de ter passado quase duas décadas a desempenhar papéis menores no grande ecrã, na televisão e nos palcos.

Protagonizou Os Vingadores entre 1961 e 1969, tendo voltado à série quando esta foi reposta, já na década de 1970. Da sua carreira destacam-se também centenas de participações em séries de televisão como Thunder In Paradise,Nightman e Frasier, ou nos filmes O Uivo da Fera (1981), This Is Spinal Tap(1984) e 007 Alvo em Movimento, de 1985, pertencente à saga James Bond.




O inglês Roger Moore, que nesse filme se despediu da pele de James Bond, foi um dos actores que nas últimas horas lhe prestou tributo. Daniel Patrick Macnee, de seu nome completo, nasceu em Londres, Inglaterra, em 1922, vindo mais tarde (em 1959) a naturalizar-se norte-americano. Serviu na marinha britânica durante a II Guerra Mundial.

Depois de percorrer os palcos londrinos, mudou-se para o Canadá, onde fez televisão. Casou-se três vezes e teve dois filhos. Em 1988 viu a série ser adaptada para cinema, com os actores Ralph Fiennes e Uma Thurman. Nos últimos quarenta anos viveu nos Estados Unidos, num rancho na Califórnia. Foi aí que viria a morrer.

Sem comentários:

Enviar um comentário